Início do conteúdo

Informações Especializadas


Curso: Tem bicho na trilha: turismo, saúde e monitoramento de animais silvestres
Público alvo: Condutores de trilhas, guias turísticos, turismólogos e interessados no turismo ecológico
No. participantes: 35 pessoas
Local: Colônia de Pescadores Z18 – Itacaré - BA
Data:  22 e 23 de novembro de 2016
Carga Horária: 16 horas
Objetivos:

  • Capacitar condutores de trilhas, guias turísticos, turismólogos e interessados para: a compreensão da importância da biodiversidade para a saúde; a identificação e compreensão dos riscos de zoonoses na prática do turismo ecológico; aplicação de boas práticas para o turismo ecológico e de baixo impacto
  • Qualificação para o uso do Sistema de Informação em Saúde Silvestre – SISS-Geo.

Curso: Saúde silvestre e saúde humana: do conhecimento à prática participativa
Público alvo: Pessoas que atuam nas áreas de conservação da biodiversidade, saúde humana e animal, desenvolvimento local e educação formal e não-formal.
No. participantes: 40 pessoas
Local: Instituto Arapyaú - Serra Grande/Uruçuca-Bahia
Data: 05 e 06 de outubro de 2015
Carga Horária:  16 horas
Objetivos:

  • Aprofundar o conhecimento das relações entre a saúde de animais silvestres, domésticos e humana e as mudanças ambientais, a emergência de zoonoses e a conservação da biodiversidade.
  • Discutir os desafios para o monitoramento da saúde silvestre em países megadiversos e de dimensões continentais e a problemática da qualidade de informações e dados;
  • Apresentar e treinar pessoas envolvidas na área de atuação da conservação, saúde e desenvolvimento local para o uso do Sistema de Informação em Saúde Silvestre - SISS-Geo e o entendimento do potencial da modelagem computacional baseada em dados para a geração de modelos geoespaciais de alerta e previsão.

Curso: Saúde de Animais Silvestres e Saúde Humana: zoonoses e mudanças ambientais
Público alvo: Agentes comunitários de saúde, agentes ambientais, técnicos ambientais e extensionistas rurais
No. participantes: 46 pessoas
Local: Instituto Arapyaú - Serra Grande/Uruçuca-Bahia
Data:  11 a 13 de julho de 2016
Carga Horária: 20 horas
Objetivos:

  • Aprofundar o conhecimento das relações entre a saúde silvestre e humana a partir das zoonoses regionais e locais, espécies envolvidas, ciclos de transmissão e ações de prevenção e controle.
  • Aprofundar o conceito de saúde no contexto das relações sociais, econômicas e culturais.
  • Discutir a importância da informação e da qualidade de dados em saúde para a promoção de ações e políticas multissetoriais locais.
  • Apresentar modelos complexos de estudos para emergência de zoonoses.
  • Treinar os participantes para o uso do Sistema de Informação em Saúde silvestre - SISS-Geo e demonstrar suas potencialidades para prevenção e controle.

Curso: Saúde de Animais Silvestres e Saúde Humana: Zoonoses e Mudanças Socioambientais
Público alvo: Agentes de turismo, agentes ambientais, surfistas e praticantes de esportes da natureza, salva-vidas, polícia ambiental e pescadores.
No. participantes: 28 pessoas
Local: Resort Tororomba, Praia do Jairi, Olivença/Ilhéus-Bahia
Data:  5 e 6 de outubro de 2016
Carga Horária: 16 horas
Objetivos:

  • Discutir as relações entre saúde de animais silvestres e saúde humana, mudanças ambientais, emergência de zoonoses e conservação da biodiversidade.
  • Discutir a importância da informação e da qualidade de dados em saúde na região.
  • Treinar os participantes para o uso do Sistema de Informação em Saúde Silvestre - SISS-Geo e demonstrar suas potencialidades para prevenção e controle de zoonoses.

Curso:  Monitoramento de animais no Parque Nacional Serra dos Órgãos, RJ: Ferramenta para a saúde silvestre e humana e a gestão da biodiversidade
Público alvo: Agentes de turismo, agentes ambientais, surfistas e praticantes de esportes da natureza, salva-vidas, polícia ambiental e pescadores.
No. participantes: 79 pessoas
Local: Parque Nacional da Serra dos Órgão - Parnaso - ICMBio
Data:   21 e 22 de março de 2016
Carga Horária: 16 horas
Objetivos:

  • Apresentar e treinar servidores e colaboradores da gestão do PARNASO no uso do Sistema de Informação em Saúde Silvestre - SISS-Geo como ferramenta para o monitoramento de animais no Parque
  • Apresentar e discutir o monitoramento participativo de animais e seus potenciais de uso para a gestão do Parque e controle e prevenção de doenças que circulam entre animais silvestres, domésticos e humanos.
  • Aprofundar o conhecimento das relações entre a saúde de animais silvestres, domésticos e humana e as mudanças ambientais, a emergência de zoonoses e a conservação da biodiversidade.
  • Apresentar a importância da qualidade de informações e dados, como condição primária para seu uso e o entendimento do potencial da participação de todos na modelagem computacional.

 

     

     

     

    Voltar ao topoVoltar