Início do conteúdo

02/04/2020

Recomendações das instituições signatárias


COMUNICADO

Declaração conjunta do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Primatas Brasileiros (ICMBio/CPB), Sociedade Brasileira de Primatologia (SBPr), IUCN SSC Conservation Planning Specialist Group (CPSG Brasil), Sociedade Latino-Americana de Primatologia (SLAPrim), Sociedade Internacional de Primatologia (IPS), IUCN SSC Primate Specialist Group (IUCN/SSC/PSG) e Comissão Permanente de Proteção dos Primatas Nativos do Estado de São Paulo (Pró-Primatas Paulistas). 25 de março, 2020.

Face aos recentes desdobramentos da pandemia de COVID-19 causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, as instituições signatárias apresentam orientações para profissionais que mantêm contato com primatas não-humanos in situ ou ex situ em âmbito nacional. Até o momento, não há evidências sobre a transmissão cruzada entre humanos e primatas não-humanos para COVID-19, mas a infecção in vitro do SARS-CoV-2 em macacos rhesus saudáveis confirma a compatibilidade e consequente quadro de pneumonia em primatas nãohumanos. 

Clique aqui para ler o comunicado na íntegra.

 

 

Voltar ao topoVoltar