Início do conteúdo

13/09/2020

I Encontro Virtual: Comunidade de Aprendizagem SISS-Geo


CLIQUE AQUI para fazer a inscrição

PROGRAMAÇÃO 

Dia 28/9 - 9:30 às 11:30 h

Palestra - As relações da saúde dos animais silvestre e a saúde humana  -  emergência de zoonoses, desafios, oportunidades e boas práticas 
Marcia Chame, doutora em Zoologia, Coordenadora da Plataforma Institucional Biodiversidade e Saúde Silvestre/FIOCRUZ

Temas: 

  1. Impactos na saúde da população local: Zoonoses, cuidado com animais silvestres, impactos sanitários na água 

  2. Turismo e comportamento: mínimo impacto (som, alimentação de animais, fogueiras, resíduos, comportamento e registro (coronavírus), cuidados com o turistas, vacinas, animais peçonhentos. (biossegurança e bioproteção)

  3. Biodiversidade e boas práticas para a conservação e prevenção e controle de doenças 

Perguntas: 

Orientações para os próximos dias - exercícios para o uso do SISS-Geo

Dia 30/9 - 9:30 às 11:30 h 

Capacitação para o uso do SISS-Geo

Temas:

  1. Importância de registro das espécies ameaçadas, abundantes, raras, animais vivos mortos, doentes, vestígios -  como identificar?

  2. Por que monitorar?

  3. Para que servem os dados? 

  4. Que dados precisamos? Qualidade dos dados

  5. Uso colaborador, voluntários, gestores, validadores taxonômicos (devolutiva social)

  6. Dados abertos e acesso para políticas públicas.

Eduardo Kremspser, Cientista da Computação, Doutor em Modelagem Computacional (Plataforma Institucional Biodiversidade e Saúde Silvestre/FIOCRUZ)

Douglas Adriano Augusto, Cientista da Computação Doutor em  Engenharia Civil com concentração em Sistemas Computacionais & Computação de Alto Desempenho (Plataforma Institucional Biodiversidade e Saúde Silvestre/FIOCRUZ)

Livia Abdalla - Geógrafa, Doutora em Engenharia de Defesa (Plataforma Institucional Biodiversidade e Saúde Silvestre/FIOCRUZ)

Felipe Brasil - Desenvolvedor, graduado em Tecnologia da Informação e da Comunicação pela Faculdade de Educação Tecnológica do estado do Rio de Janeiro/FAETERJ.

Douglas Okubo - Desenvolvedor, graduando em Tecnologia da Informação e Comunicação pela Faculdade de Educação Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro (FAETERJ-Petrópolis) Curriculum Lattes

Francielly Rodrigues - Desenvolvedora, bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ), mestre e doutoranda em modelagem computacional pelo Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC).

Perguntas:

Exercício: Disponibilizados no dia 28/09

Dia 5/10 -  9:30 - 11:30 h

Roda de conversa com convidados - O entorno do Parnaso como vetor de saúde coletiva e ambiental

Temas:

  1. A importância do monitoramento da fauna na zona de amortecimento para o Parnaso e outras UCs.
    Cecília Cronemberger -  Bióloga, mestre em ecologia, cursando doutorado em Meio Ambiente na UERJ. Analista Ambiental do ICMBio, lotada no Parque Nacional da Serra dos Órgãos. 

  2.  A participação ativa dos voluntários como multiplicadores das ações de monitoramento, prevenção e  promoção da saúde no Parnaso e área de amortecimento
    Pedro Zeno - Licenciando em Ciências Sociais(IFCS\UFRJ), Programa PIBIC Fiocruz/CNPq, Guia de Turismo(@maistrilhasrj) Programa de Voluntariado NGI ICMBio Teresópolis 

  3.  A força da sociedade civil na resolução de problemas socioambientais: Caminhos e desafios
    Ramon Soares - Agricultor urbano e educador ambiental, morador de Pau Grande - Magé, Zona de Amortecimento do PARNASO, idealizador do Coletivo Não Corte Plante e da feira comunitária.

  4. Como o setor saúde pode se beneficiar e contribuir com ações de ciência cidadã para a vigilância de epizootias e conservação das espécies
    Alessandro Pecego Martins Romano -  Médico-Veterinário, Doutor em Ciência Animal, Coordenação Geral de Vigilância das Arboviroses, Secretaria de Vigilância em Saúde, Ministério da Saúde

  5. Turismo e Monitoramento de Biodiversidade- benefícios mútuos
    Rafael Rezende - Guia de Turismo e Integrante do Programa de Voluntariado ICMBio NGI Teresópolis, pós-graduando de Desenvolvimento regional da UERJ/Teresópolis
     

Dia 7/10 -  9:30 - 12:00 h

 A Experiência da Ciência Cidadã no Brasil - práticas, contextos, desafios e resultados

Temas:

  1. Por que, para quem e quem implementa ciência cidadã no Brasil? 
    Nijima Novello Rumenos - Bióloga, mestre e doutora em educação para a ciência, professora da UNESP com atuação na área de educação ambiental.

  2. A experiência da participação ribeirinha no monitoramento da saúde ambiental local - um estudo em Minas Gerais
    Juliana França - Doutora em Ecologia, Conservação e Manejo da Vida Silvestre pela UFMG, atua no Instituto Nacional da Mata Atlântica (INMA) na linha de ciência cidadã. 

  3. A experiência SISS-Geo no Parnaso 

    1. Balanço de 5 anos de parceria Fiocruz e ICMBio/Parnaso
      Olga Bruna do Carmo, Bióloga aluna da Pós-graduação  de Desenvolvimento Territorial da UERJ/Teresópolis

    2. O engajamento social na consolidação do SISS-Geo no Parnaso
      Pheterson Godinho, Montanhista, Condutor de Trilha

    3. Transformando saberes e  ciência em política pública
      Isabela Deiss, Bióloga, Analista Ambiental com atuação no Centro de Referência em Biodiversidade da Serra dos Órgaõs, Pesquisa em Zoologia, Gestão de Biodiversidade, Divulgação Científica e Public Engagement.

Avaliação do Encontro e exercícios do SISS-Geo

Voltar ao topoVoltar