Início do conteúdo

Destaques

Conheça as iniciativas que buscam soluções para gestão de unidades de conservação no Brasil

Envie sua idéia de melhoria para o SISS-Geo e participe da plataforma de inovação e da comunidade global para unir esforços junto com as Nações Unidas e aplicar tecnologias de impacto social.

Saiba quem foram os dez colaboradores do SISS-Geo que mais enviaram registros em 2017.

A malária na mata atlântica, as bromélias, o parasito, a doença e os primatas como sentinelas para a saúde humana.

Veterinária fala sobre o controle e o impacto da invasão dos javalis para a saúde dos animais silvestres, domésticos e humanos.

A versão iOS do SISS-Geo, aplicativo de monitoramento de animais silvestres, já está disponível na AppleStore, para os dispositivos que utilizam o sistema operacional da Apple.

Foto Bugio: Maria Lúcia Cardoso

A transmissão entre mosquitos e primatas se dispersou pelo País e a doença se estabeleceu de forma endêmica na Amazônia. A emergência de doenças oriundas de animais silvestres está associada às alterações ambientais, incluindo mudanças climáticas.

Foto da colaboradora Gabriela Heliodoro

O aumento do número de casos de Febre Amarela em 2017 despertou a atenção das autoridades em saúde do País. Combatida por Oswaldo Cruz no início do século 20 e erradicada dos grandes centros urbanos desde 1942, a doença voltou a assustar os brasileiros.

O Sistema de Informação em Saúde Silvestre (SISS-Geo) da Fiocruz foi uma das 173 iniciativas certificadas pela Fundação Banco do Brasil em 2017, entre 735 inscritas.

Bicho preguiça visto na Reserva Tapajós-Arapiuns (Pará) - Foto Ribamar Xavier

Mapa em tempo real mostra os registros de animais silvestres enviados por colaboradores de todo o Brasil.

Registros de ocorrências no SISS-Geo
Boas Práticas
Foto Ministério da Saúde

Conheça o Guia de vigilância de epizootias em primatas não humanos e entomologia aplicada à vigilância da febre amarela da Secretaria de Vigilância em Saúde - MS.

Javalis
Foto: Portal da Notícia

Conheça o Plano Nacional de Prevenção, Controle e Monitoramento do Javali (Sus scrofa) no Brasil, elaborado com a participação de diversas entidades públicas e da sociedade civil.

Material Educativo

Conheça o Guia Prático Biodiversidade Faz Bem à Saúde construído a partir das experiências vividas pela nossa equipe em muitos trabalhos de campo na Amazônia e Sul da Bahia.

Ciência Cidadã

Colaboração e ciência cidadã: Um novo olhar para o monitoramento e a conservação da fauna silvestre

Rede de Laboratórios em Saúde Silvestre

Conheça a Rede de Laboratórios em Saúde Silvestre (ReLSS), que conta com 43 laboratórios realizando diversos diagnósticos de doenças em animais silvestres.

Manejo de Morcegos

No Guia de Manejo e Controle de Morcegos conheça as técnicas de identificação, captura e coleta de morcegos e sobre esta zoonose viral.

Vetores da Doença de Chagas

No Atlas Iconográfico dos Triatomídeos, leia sobre a doença de Chagas ou Tripanosomíase Americana, que tem como agente etiológico o Trypanosoma cruz.

Cartões Ilustrados de barbeiros
Foto: Josué Damacena

O conteúdo reúne ilustrações, dados sobre a morfologia dos insetos, tamanho, habitat e ciclo de vida, além de mapas sobre a diversidade e distribuição geográfica das 66 espécies de barbeiros.

O CISS consolida no Boletim Informativo bimestral informações relevantes sobre o tema saúde silvestre e humana. Para receber o Boletim Informativo em sua caixa postal, cadastre-se aqui:

Para receber nosso boletim, cadastre seu e-mail no formulário ab

Image CAPTCHA
Digite os caracteres contidos na imagem.

Clique aqui para participar da RePSS - Rede Participativa em Saúde Silvestre no Facebook

Voltar ao topoVoltar