Início do conteúdo

12/06/2020

"Modelagem preditiva de Febre Amarela Silvestre", vence Prêmio MapBiomas

Equipe CISS (Marcia Chame e Rita Braune)


Pelo 2o ano consecutivo, o MapBiomas (Projeto de Mapeamento Anual da Cobertura e Uso do Solo do Brasil) em parceria com o Instituto Escolhas confere o Prêmio MapBiomas com o objetivo de estimular a produção de conhecimento sobre mudanças de uso e cobertura o solo no Brasil. 

O Projeto reúne dezenas de instituições de pesquisa, ONGs e empresas de tecnologia que juntas produzem mapeamento sistemático dos últimos 35 anos do uso e cobertura do solo de todo o território brasileiro. O acesso à base de dados permite a investigação e melhor compreensão dos impactos gerados pelas mudanças no uso do solo ao longo do tempo no Brasil.

Em 2020, a geógrafa e pesquisadora bolsista Livia Abdalla, da Plataforma Institucional de Biodiversidade e Saúde Silvestre da Fiocruz e aluna do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Defesa do Instituto Militar de Engenharia (IME), conquistou o 1o lugar na categoria geral com sua tese de doutorado "Modelagem baseada em dados para previsão da emergência de zoonoses: um estudo de caso da Febre Amarela Silvestre no Brasil".
 

Figura 1: Caracterização estatística utilizando dados de uso e cobertura do solo da plataforma MapBiomas

A pesquisadora utilizou o mapeamento anual e sistemático do uso e cobertura do solo produzido pelo MapBiomas para a caracterização socioambiental dos  5.571 municípios brasileiros e os dados oficiais dos surtos de febre amarela no Brasil desde 1999 a 2018. Por meio de métodos de aprendizagem de máquina identificou padrões comuns aos municípios com casos positivos para a Febre Amarela.

O resultado e parceria contribuem para novas estratégias de vigilância de Febre Amarela que vem sendo discutidas e aplicadas pela Plataforma Institucional Biodiversidade e Saúde Silvestre da Fiocruz em conjunto com a Coordenação Geral de Vigilância das Arboviroses do Ministério da Saúde, no Projeto SISS-Geo SUS.

Veja a seguir os depoimentos em vídeos da 1a colocada Livia Abadalla e dos representantes do MapBiomas e Instituto Militar de Engenharia - IME:

 


A tese premiada foi desenvolvida por Livia Abdalla (PIBSS/Fiocruz), sob orientação do D.E. Leonardo Castro (PGED/IME) e D.Sc Eduardo Krempser (PIBSS/Fiocruz) e é parte dos objetivos da Plataforma Institucional Biodiversidade e Saúde Silvestre da Fiocruz.


 

Voltar ao topoVoltar